SIGA-NOS POR EMAIL:

quinta-feira, 18 de julho de 2013

OS MISTÉRIOS DA GRANDE ESFINGE DE GIZÉ:


Localizada no planalto de Gizé, no Egito, próximo às pirâmides, a Grande Esfinge é uma gigante estátua que desperta a curiosidade de muitos turistas e historiadores, pois alimenta muitas lendas e ainda guarda vários mistérios. A obra composta por um corpo de leão e cabeça humana possui 57 metros de comprimento, 6 de largura e 20 de altura e é a maior escultura do mundo esculpida em apenas uma pedra.



Um dos mistérios acerca da esfinge é em relação à sua idade. Alguns pesquisadores afirmam que ela foi erguida por volta de 2.000 a 3.000 a.C., enquanto outros defendem que ela data de pelo menos 10 mil anos a.C. A esfinge também possui um templo sob suas patas de leão, e acredita-se que possa haver alguns túneis e câmaras ainda não descobertos sob ela, onde pode existir um grande secreta. Segundo algumas teorias não muito convencionais, a Esfinge estaria guardando uma cápsula do tempo ou arquivos sobre a civilização de Atlântida.

De acordo com Salima Ikram, pesquisadora da Universidade Americana do Cairo, várias múmias, não se sabe de quem, já foram encontradas no interior da esfinge, e não se sabe o motivo de estarem lá, e porque não estão mais.

Diz a lenda que por volta de 1.400 a.C., algumas tempestades de areia estavam soterrando a esfinge, e quando a areia estava próxima ao seu pescoço, um príncipe que estava caçando se deitou e dormiu sob a cabeça da esfinge. Durante seu sonho, ele ouviu a voz da esfinge lhe prometer que ele seria o rei do Egito antes de seus irmãos mais velhos, com a condição de que ele retirasse toda a areia que a cobria. Quando acordou, ele começou a retirar parte da areia, a antes de terminar, se tornou o Faraó Tutmós IV. Há um relato numa inscrição localizada entre as patas da esfinge que descreve o sonho do príncipe.

A esfinge só foi completamente desenterrada no início do século passado. E outro grande mistério em torno da esfinge diz respeito à seu nariz, já que não se sabe o seu paradeiro. Diversas teorias foram levantadas, e em uma delas, o nariz teria sido atingido por balas de canhão da artilharia de Napoleão Bonaparte ou pelas tropas britânicas.

A estátua teria sido construída durante o reinado do faraó Quéfren, e alguns defendem que a esfinge é o próprio rosto do faraó (2520-2494 a.C.), já que a Pirâmide de Quéfren se localiza ali próximo, e é a segunda maiorPirâmide do Egito.


Curiosidade: o mistério da esfinge

A esfinge é uma criatura mitológica do Antigo Egito e Grécia, e qualquer um que não conseguisse responder ao seu enigma, seria devorado.

Que criatura pela manhã tem quatro pés, ao meio-dia tem dois, e à tarde tem três?

E Édipo, o primeiro que desvendou o enigma da esfinge respondeu: o homem. Pela manhã, ele engatinha (simbolizando a fase de bebê de um humano), pela tarde, anda sobre dois pés (quando criança até o final da fase adulta), e pela noite, ele anda com dois pés mas uma bengala (simbolizando a noite, a velhice, a morte…)

E totalmente furiosa com a resposta, a esfinge teria se matado, atirando-se de um grande precipício ou teria se devorado.

Autor:

Lucas Rabell