SIGA-NOS POR EMAIL:

sábado, 27 de julho de 2013

SOFIA: A DEUSA DA SABEDORIA




Deusa da Sabedoria


Sofia em grego, Hohkma em hebraico, Sapientia em latim, tudo significa sabedoria.
A alma feminina dos deuses judeu-cristãos, fonte de verdadeiro poder, é Sofia.
Como deusa da sabedoria, ela tem muitas faces: deusa Negra, Feminino Divino, Mãe de Deus.
Para os gnósticos cristãos, Sofia era a Mãe da Criação: seu marido e ajudante era Jeová: seu santuário sagrado, Magia Sophia, em Istambul, é uma das sete maravilhas do mundo.
O seu símbolo, a pomba, representa o espírito: ela é cercada pelas estrelas, um ícone do centro leste para indicar a sua divindade absoluta.


Leitura do “Livro dos Provérbios” –
Provérbios 8:22-31 –




“O Senhor Deus me criou antes de tudo, antes das suas obras mais antigas.

Eu fui formada há muito tempo, no começo, antes do princípio do mundo.
Nasci antes dos oceanos quando ainda não havia fontes de água.
Nasci antes das montanhas, antes de os morros serem colocados nos seus lugares, antes de Deus ter feito a terra e os seus campos ou mesmo o primeiro punhado de terra.

Eu estava lá quando ele colocou o céu no seu lugar e estendeu o horizonte sobre o oceano.
Estava lá quando ele pôs as nuvens no céu e abriu as fontes do mar, e quando ordenou às águas que não subissem além do que ele havia permitido.

Eu estava lá quando ele colocou os alicerces da Terra. Estava ao seu lado como arquiteto e era a sua fonte diária de alegria, sempre feliz na sua presença – feliz com o mundo e contente com a raça humana”.





Istambul /Turquia





A Basílica de Santa Sofia, também conhecida como Hagia Sophia (grego: Hagia Sophia, que significa "Sagrada Sabedoria"; Ayasofya em turco) é um imponente edifício construído entre 532 e 537 pelo Império Bizantino para ser a catedral de Constantinopla (atualmente Istambul, na Turquia) e que foi convertido em mesquita em 1453 até ser transformado em museu, em 1935.


Fonte: wikipédia e "O Oráculo da deusa" - Amy Sophia Marashinsky